Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave, morre aos 52 anos

Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e posteriormente do Audioslave, morreu na última quarta-feira (17) aos 52 anos, em Detroit, segundo a CNN.

 “Vicky, sua mulher, e a família ficaram chocadas ao saber de sua repentina e inesperada passagem e estão acompanhando de perto os trabalhos dos legistas para determinar a causa da morte. A família gostaria de agradecer aos fãs pelo amo contínuo e a lealdade, além de pedir que a privacidade seja respeitada neste momento”, afirma a nota. Segundo o jornal The Mirror, a suspeita é de que o ator tenha cometido suicídio.

 

Cornell estava em Detroit em apresentações com o Soundgarden, que saiu em turnê pelos Estados Unidos em abril. Em um comunicado, Brian Bumbery, seu representante, resumiu a morte como “repentina e inesperada”.

Chris Cornell se apresentou na quarta-feira (17) no Fox Theatre, em Detroit. Nascido em Seattle, nos Estados Unidos, ele foi um dos principais arquitetos do movimento grunge. Em 1984, formou o Sundgarden com o guitarrista Kim Thyail e o baixista Hiro Yamamoto. 

Em 2001, formou o Audioslave com Tom Morello de Rage Against The Machine, Tim Commerford e Brad Wilk. Em fevereiro de 2007, Cornell anunciou a sua saída da banda e se dedicou a carreira solo. Em 2010, voltou a se reagrupar com o Soundgarden.

Depois, Cornell formou o supergrupo Audioslave, com Tom Morello de Rage Against The Machine, Tim Commerford e Brad Wilk. Em 2007, se concentrou em carreira solo antes de se reagrupar com Soundgarden.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *