Massacre em Las Vegas: “noite além do terrível”, diz cantor country que fazia show

O músico country Jason Aldean usou suas redes sociais para lamentar o massacre que matou ao menos 50 pessoas durante um show que ele fazia em um festival country de Las Vegas, próximo ao resort Mandalay Bay. Foi o mais trágico tiroteio da história dos Estados Unidos e há suspeita de atentado terrorista.

O atirador tinha 64 anos e se matou logo após o ataque, segundo as forças de segurança que investigam o caso. Jason deixou o palco às pressas ao ouvir as rajadas de tiro, disparadas pelo assassino de uma janela do 32º andar do próprio Mandalay Bay. Ele utilizou dezenas de armas no ato.

“Essa noite foi além do terrível. Eu continuo sem saber o que dizer, mas queremos que saibam que eu e minha equipe estamos a salvo. Meus pensamentos e orações vão para todos os envolvidos. Parte meu coração que isso tenha acontecido com alguém que estava ali para aproveitar o que deveria ser uma noite divertida”, lamentou Jason.

A polícia investiga a possível participação de integrantes de organizações terroristas, como o Estado Islâmico, no atentado. Ao menos 400 pessoas ficaram feridas e foram levadas para hospitais locais. Segundo um porta-voz da polícia de Vegas, há a chance do número de mortos aumentar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *